EXCELÊNCIA

Universidade é a única instituição de ensino superior do Distrito Federal com avaliação máxima no Índice Geral de Cursos do Inep/MEC

UnB está de volta ao conceito 5 no Índice Geral de Cursos (IGC) do MEC. Foto: Luis Gustavo Prado/Secom UnB

 

A Universidade de Brasília recebeu a nota 5 (máxima) no Índice Geral de Cursos (IGC) de 2021, divulgado na terça-feira (28) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A UnB é a única instituição do Distrito Federal com avaliação máxima. Na última avaliação, relativa a 2019, a instituição obteve o conceito 4.

“A UnB merecia retornar para a nota máxima. O resultado é reflexo de um trabalho sério e comprometido de toda a nossa comunidade acadêmica, discentes, docentes, técnicos e trabalhadores terceirizados. Nós esperávamos a nota máxima porque direcionamos esforços e priorizamos a utilização de recursos que contribuem para a excelência acadêmica da UnB, apesar dos drásticos cortes no orçamento da nossa universidade e de apoio à pesquisa no país nos últimos anos", disse a reitora Márcia Abrahão.

"O excelente resultado alcançado na avaliação da pós-graduação pela Capes no último quadriênio nos deixou com grande expectativa de que retornaríamos para a nota 5. Agora é continuar trabalhando para melhorar o que precisa ser melhorado”, completou a reitora.

Entre as ações da UnB, ela cita a alocação de orçamento para as unidades acadêmicas, editais de pesquisa, bolsas para estudantes de pós-graduação, ampliação do número de vagas em cursos de pós, acompanhamento de perto dos programas de pós-graduação pelo Decanato de Pós-Graduação (DPG) e preparação para o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) realizada pelo Decanato de Ensino de Graduação (DEG), entre outras ações que impactam nos indicadores acadêmicos.

“Alcançar a nota máxima no IGC comprova a excelência acadêmica da UnB e demonstra o comprometimento de toda a sua comunidade universitária com vistas à excelência", afirma a decana de Planejamento, Orçamento e Avaliação Institucional, Denise Imbroisi. No processo de recredenciamento institucional pelo Inep, em 2020, a UnB também alcançou a nota máxima, isto é, 5.

"O resultado do IGC, além de dar mais visibilidade à Universidade e aos seus alunos, que frequentam uma instituição Federal de nota máxima, dá à UnB mais competitividade no cenário nacional e internacional, tanto para atrair mais talentos, quanto para fomentar mais iniciativas de sucesso”, explica a decana.

ÍNDICE – O cálculo do IGC contabiliza uma média ponderada da nota de avaliação de cada curso e a fração do total de estudantes daquele curso na instituição. Isso é feito para os diversos níveis de formação ofertados pela universidade: graduação, mestrado e doutorado.

Para a graduação, a nota de avaliação é o Conceito Preliminar de Curso (CPC) ponderado de todos os cursos avaliados nos últimos três anos (2018, 2019 e 2021), cujo valor foi 3,357. Já para a pós-graduação, leva-se em conta o conceito avaliativo do último ciclo disponibilizado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Assim, para os níveis de mestrado e doutorado, é feita a ponderação do quantitativo de estudantes em cada curso e o conceito avaliativo desses cursos em seu respectivo nível, cujos valores foram 4,582 e 4,770, respectivamente. Os valores variam de 1 a 5.

 

Leia também:

>> Projeto da História provoca reflexão sobre a ditadura militar

>> CAD aprova Relatório de Gestão 2022

>> UnB apresenta projetos na 5ª Campus Party Brasília

>> Fotógrafa e ativista, Claudia Andujar torna-se doutora honoris causa pela UnB

>>  UnB encerra programação especial do #8M

>> Campanha reforça cuidados para início do semestre letivo na UnB

>> Na volta às aulas, estudantes movimentam Darcy Ribeiro e compartilham alegria de ingressar na UnB

>> Reitora e Coletivo de Mães inauguram 41 fraldários na UnB

>> Mespt oferece formação profissional a populações tradicionais

>>#InspiraUnB com Silvio Almeida abre semestre letivo

>> Consuni aprova recursos para unidades administrativas e acadêmicas

>> UnB participa de expedição científica ao rio Araguaia

 

ATENÇÃO – As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: nome do repórter/Secom UnB ou Secom UnB. Crédito para fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.